Pular para o conteúdo principal

POPULAÇÃO DE NOVA LONDRINA SE MOBILIZA PARA PEDIR REDUÇÃO DO SALÁRIO DE VEREADORES PARA R$1.383,80

Foto arquivo 24/11/2014

Os eleitores do município de Nova Londrina  no noroeste do Paraná, subscreveram um projeto de lei de inciativa popular para redução do subsídio dos Vereadores para o valor de R$1.383,80 e do Presidente da Câmara para o valor de R$1.599,40. Segundo texto encaminhado para nossa redação por Samuel Oliveira de Lima,  "Nova Londrina como em vários municípios têm tido movimentos populares para apresentação de projeto de lei na Câmara para fixar o valor do subsídio mensal do vereador em um valor condizente com a realidade do Município. O presente projeto de iniciativa popular cumpre o indicado pela a Lei Orgânica Municipal, contando com manifestação expressa de mais de 5,0% de eleitores. Os assinantes da petição pública concordam com o seguinte projeto de lei: A redução salarial dos vereadores do Município de Nova Londrina-PR". Segundo o projeto a ação resultaria em uma economia anual para o município acima de R$100.000,00 (cem mil reais).
 O  projeto de lei, visa à redução, para as próximas legislaturas, do subsídio dos vereadores do Município de Nova Londrina/PR. O valor deverá ser corrigido de forma a respeitar o art. 37, incisos X, XI e XV, da Constituição Federal.
"É fato que com o passar dos anos os ocupantes de cargos eletivos nos municípios vem sendo taxados de vários adjetivos negativos. O escopo de tal medida é moralizar o cargo eletivo dos vereadores, não recaindo os representantes apenas na busca por “salário”. E sim, que os cargos sejam ocupados por cidadãos que desejam realmente contribuir com a melhoria do município de Nova Londrina/PR" destaca o documento.
Segundo a petição ainda a aprovação desta lei  traz a devida transparência do cargo publico, dando forma coesa e condizente com a postura apregoada pela cidadania plena, pela respeitabilidade, pela ética, pelo respeito ao interesse público e ao desenvolvimento local.

A proposta da presente lei é conceder aos vereadores uma ajuda de custo em relação às despesas que possuem em razão da função, como o deslocamento até o local de reuniões, por exemplo. Finalmente, nos termos da legislação Municipal,  os munícipes submetem o projeto a câmara municipal para de maneira urgente, apreciem a matéria nele contida pois trata-se da vontade expressa dos cidadãos de Nova Londrina.
O caldo promete entornar nas próximas sessões. Inúmeros comerciantes e empresários locais disseram apoiar o projeto com grande apoio popular. É esperar para ver se os vereadores de Nova Londrina colocaram para apreciação a solicitação dos munícipes.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANTOR JULIANO CÉSAR SOFRE INFARTO E MORRE NA CIDADE DE UNIFLOR-PR

O mundo sertanejo está de luto pela morte do cantor Juliano César. o sertanejo estava realizando um show na cidade de Uniflor quando teve um infarto fulminante. O cantor foi levado para o hospital porém infelizmente não resistiu e entrou em óbito. Os últimos instantes do show do artista foi registrado. Veja o momento em que o cantor passa mal e cai em cima do palco.

JUSTIÇA DECRETA A PRISÃO DOS SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO DE HOMICÍDIO EM NOVA LONDRINA

A pedido do Ministério Público, o Poder Judiciário de Nova Londrina decretou a prisão preventiva de MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e MAIKE FERREIRA DA SILVA em razão de fato ocorrido no final de tarde do dia 22 de janeiro, nas imediações da Rua Sebastião de Moraes, cruzamento com a Rua Akira Kamitami, nesta cidade e Comarca de Nova Londrina/PR.

A mencionada prisão foi motivada pelo fato de que três indivíduos já identificados (HOLIVER SILVA MARIANO MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e MAIKE FERREIRA DA SILVA) teriam se dirigido ao local onde se encontrava a vítima Vinicius Alan Costa de Oliveira, e efetuando diversos disparos em via pública, com o objetivo de matá-lo.

Ressalte-se que na tarde do dia 22 de janeiro, a Polícia Militar prendeu em flagrante o primeiro suspeito identificado, HOLIVER SILVA MARIANO. No dia seguinte, diante das provas até então coletadas, o Ministério Público representou pela prisão preventiva dos outros dois identificados MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e M…