Pular para o conteúdo principal

Morre José Edegar Pereira, ex prefeito de Querência do Norte, ex secretário de Paranavaí

José Edegar Pereira em Campanha á então Senadora Gleisi Hoffmann
Foto: Jornalista Willian Faria / Arquivo 29/08/2014

Morreu na manhã desta segunda-feira(18) na Santa Casa de Paranavaí,José Edegar Pereira, 65 anos.
Segundo informações José Edegar estava internado há 8 dias na Santa Casa,vitima de uma doença grave(não divulgada) e infelizmente na manhã desta segunda-feira, não resistiu e veio a óbito.
Nascido em 1954, José Edegar Pereira é formado em Engenharia Agrônoma pela Faculdade de Agronomia Luiz Meneghel e em Direito pela Universidade Paranaense. Iniciou sua vida política no final da década de 1980 quando foi eleito Prefeito de Querência do Norte.
Após o final do seu mandato, fundou o Sindicato Patronal de Querência do Norte, se tornando também o primeiro presidente do sindicato, ainda foi chefe do Núcleo da Secretaria de Agricultura de Paranavaí, secretário de Ação Social e secretário de Saúde e Esportes.
Em 2014 foi candidato da Deputado Estadual pelo PDT.
Apesar de sido prefeito de Querência do Norte, José Edegar conquistou muitos amigos em Paranavaí, e além de cargos políticos, foi um dos coordenadores da campanha do prefeito K.i.q, na ultima eleição.
O Velório será na Capela do Prever, a partir das 12h00 desta segunda-feira(18). Nossos sentimentos à família e amigos. Plantão de notícias de Gerson Gonçalves com informações de Roy News.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CANTOR JULIANO CÉSAR SOFRE INFARTO E MORRE NA CIDADE DE UNIFLOR-PR

O mundo sertanejo está de luto pela morte do cantor Juliano César. o sertanejo estava realizando um show na cidade de Uniflor quando teve um infarto fulminante. O cantor foi levado para o hospital porém infelizmente não resistiu e entrou em óbito. Os últimos instantes do show do artista foi registrado. Veja o momento em que o cantor passa mal e cai em cima do palco.

POPULAÇÃO DE NOVA LONDRINA SE MOBILIZA PARA PEDIR REDUÇÃO DO SALÁRIO DE VEREADORES PARA R$1.383,80

Os eleitores do município de Nova Londrina  no noroeste do Paraná, subscreveram um projeto de lei de inciativa popular para redução do subsídio dos Vereadores para o valor de R$1.383,80 e do Presidente da Câmara para o valor de R$1.599,40. Segundo texto encaminhado para nossa redação por Samuel Oliveira de Lima,  "Nova Londrina como em vários municípios têm tido movimentos populares para apresentação de projeto de lei na Câmara para fixar o valor do subsídio mensal do vereador em um valor condizente com a realidade do Município. O presente projeto de iniciativa popular cumpre o indicado pela a Lei Orgânica Municipal, contando com manifestação expressa de mais de 5,0% de eleitores. Os assinantes da petição pública concordam com o seguinte projeto de lei: A redução salarial dos vereadores do Município de Nova Londrina-PR". Segundo o projeto a açãoresultaria em uma economia anual para o município acima de R$100.000,00 (cem mil reais).
 O  projeto de lei, visa à redução, para a…

JUSTIÇA DECRETA A PRISÃO DOS SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO DE HOMICÍDIO EM NOVA LONDRINA

A pedido do Ministério Público, o Poder Judiciário de Nova Londrina decretou a prisão preventiva de MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e MAIKE FERREIRA DA SILVA em razão de fato ocorrido no final de tarde do dia 22 de janeiro, nas imediações da Rua Sebastião de Moraes, cruzamento com a Rua Akira Kamitami, nesta cidade e Comarca de Nova Londrina/PR.

A mencionada prisão foi motivada pelo fato de que três indivíduos já identificados (HOLIVER SILVA MARIANO MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e MAIKE FERREIRA DA SILVA) teriam se dirigido ao local onde se encontrava a vítima Vinicius Alan Costa de Oliveira, e efetuando diversos disparos em via pública, com o objetivo de matá-lo.

Ressalte-se que na tarde do dia 22 de janeiro, a Polícia Militar prendeu em flagrante o primeiro suspeito identificado, HOLIVER SILVA MARIANO. No dia seguinte, diante das provas até então coletadas, o Ministério Público representou pela prisão preventiva dos outros dois identificados MICAEL DE OLIVEIRA ALVES PEREIRA e M…